O presidente e CEO da Sony Interactive Entertainment (SIE), Jim Ryan, deu importante entrevista para a GQ nesta terça-feira (23). Vários assuntos foram abordados, incluindo os planos da empresa para 2021. Porém, ao citar os games que serão lançados este ano, Ryan deixou um grande título de fora: o novo God of War, que ainda não tem título oficial, mas vem sendo chamado de God of War Ragnarok.

Falando sobre grandes jogos que foram lançados ainda inacabados (como foi Cyberpunk 2077 mais recentemente) só para manter as datas de lançamentos anunciadas oficialmente, o chefão da Sony disse que não é assim que a empresa gosta de operar, e mencionou Returnal, Ratchet & Clank: Rift Apart e Horizon Forbidden West como títulos a serem lançados nesse ano.

“Há duas abordagens para esse cenário: você pode manter a data e lançar o jogo independentemente da qualidade, ou você pode lançá-lo quando estiver pronto. Sempre usamos a última abordagem. Vimos alguns casos bastante importantes de desenvolvedoras tentando a primeira abordagem, e sabemos que ela nunca funciona”, comentou o CEO.

Contudo, a falta de uma menção à sequência de God of War deixou muita gente intrigada, já que o teaser de lançamento do game, exibido durante a PlayStation Showcase em setembro de 2020, apontava para o ano de 2021. A discussão tomou conta das redes sociais, e muitos passaram a ter certeza de que a continuação da história de Kratos e Atreus só chegará em 2022 ou depois.

Vale dizer que Returnal e Ratchet e Clank: Rift Apart já têm datas de lançamento confirmadas: 30 de abril e 11 de junho, respectivamente. A data de lançamento de Horizon Forbidden West não foi confirmada, mas pelas palavras de Ryan, também teremos o game nas prateleiras ainda em 2021. Mas como nem tudo são flores, Gran Turismo 7 foi adiado para 2022. Qual caminho o novo God of War seguirá: o dos games lançados em 2021 ou dos adiados para 2022? Bom… só o tempo e a Sony saberão nos dizer!