PS Plus Collection brasil

O serviço do Xbox Game Pass da Microsoft agrega muito valor os seus consumidores que optam por assinar o serviço. O modelo adotado pela Microsoft, parece ser o modelo ideal que um catálogo de jogos precisa ter.

Porém, a divisão de games da Sony, ainda não tem interesse em adotar esse modelo. Ainda mais quando se diz respeito aos lançamento de novos títulos. O presidente da SIE, Jim Ryan, declarou que a empresa não a considera “sustentável” esse modelo.

Em entrevista ao site GamesIndustry, Ryan deixou bem claro que a posição da Sony sobre o assunto permanece a mesma de sempre. O catálogo de jogos do PlayStation é o que “define” a plataforma. O executivo ainda complementou dizendo,

“Já discutimos isso antes, não vamos seguir o caminho de colocar novos títulos de lançamentos em um modelo de assinatura. Esses jogos tem um alto custo de produção, que ultrapassa a casa de US $ 100 milhões, para serem desenvolvidos. Nós simplesmente não vemos isso como algo sustentável no momento.

Queremos tornar os jogos maiores e melhores e, com um pouco de sorte, em algum estágio mais persistentes. Portanto, colocá-los em um modelo de assinatura no primeiro dia, para nós, simplesmente não faz nenhum sentido”.

O desejo da empresa de expandir a qualidade e o escopo dos projetos do PlayStation Studios, não se alinha ao modelo de lançamento de novos jogos por meio de serviços de assinatura, acrescentou Ryan.

Novidades na PS Plus no PS5

A PS Plus Collection foi anunciado para o PS5. O serviço garante os assinantes o acesso a uma série de jogos do PS4. Esses títulos incluem Batman: Arkham KnightBloodborneGod of War, Uncharted 4 e Until Dawn. Mas essa seleção de jogos pode variar de acordo com a região do assinante.

Esse novo serviço ainda não é páreo ao Xbox Game Pass. Mas a PS Plus Collection sem dúvida torna a PS Plus que conhecemos ainda mais atraente, especialmente para novos jogadores e assinantes que ainda não tiveram contato com os jogos inclusos no serviço.

O PlayStation 5 chega dia 12 de novembro por US $ 499,99, no EUA. Aqui no Brasil, o preço ficou na casa dos R$ 4.999, na versão com disco, já a edição digital sem disco é uma opção mais barata, custando R$ 4.499.