EA aumentou sua perspectiva de vendas anuais

A expectativa da Electronic Arts é que as vendas anuais de seus títulos esportivos, como FIFA 21 e Madden NFL 21, cresça à medida que mais pessoas recorrem aos videogames para se manterem entretidas durante esse longo período de pandemia.

Nos Estados Unidos, as vendas de videogames atingiram um recorde de US $ 56,9 bilhões no ano passado, segundo a empresa de pesquisas NPD, à medida que a demanda por entretenimento virtual disparou após o cancelamento de grandes eventos públicos para conter o contagio do novo coronavírus.

A EA comentou que seu jogo Battle Royale “Apex Legends” teve um aumento 30% no número de jogadores, ano após ano. O próximo passo da empresa é lançar a versão mobile de Apex Legends nos próximos três a seis meses.

Outra ação importante da EA, foi estender o seu contrato de licenciamento plurianual com a UEFA para direitos exclusivos de competição de clubes para sua franquia de futebol “FIFA”. Alem de dobrar sua divisão de esportes, ao firmar uma parceria exclusiva para desenvolver videogames de simulação de futebol americano com lançamento previsto para os próximos anos.

O lançamento de novas parcelas nas franquias Battlefield e Need For Speed e a aquisição da Codemasters com sede no Reino Unido, recentemente adquirida, devem impulsionar o crescimento no ano fiscal de 2022.

A EA elevou sua previsão de vendas ajustadas para o ano inteiro de US $ 5,95 bilhões para US $ 6,08 bilhões, superando as estimativas dos analistas de US $ 6,01 bilhões, de acordo com dados do Refinitiv IBES.

A receita ajustada da empresa para o trimestre festivo, encerrado em 31 de dezembro, foi de US $ 2,4 bilhões, superando por pouco a estimativa média dos analistas de US $ 2,39 bilhões, segundo dados IBES da Refinitiv.