Já vimos um pouco sobre Ghost of Tsushima, mas o combate parece simplemente mortal e rápido. Não é nenhum segredo que a Sucker Punch se inspirou em filmes clássicos de samurai para criar o game, e chegar nesse nível de ação. E em uma postagem no PlayStation Blog, o estúdio explica como o combate funciona.

Por querer manter o combate o mais rápido possível, a equipe analisou tempos de reação do mundo real. “Os tempos de reação humana são mais lentos do que você pensa – leva cerca de 0,3 segundos para responder a um estímulo visual”, escreve Chris Zimmerman. Ele diz que essa estatística influenciou o combate, e a equipe o projetou parcialmente “em torno desses limites”. Assim, a Sucker Punch chegou a um sistema com ataques ultrarrápidos, mas com inimigos que lhe darão tempo suficiente para reagir. Quaisquer golpes de acompanhamento serão mais rápidos, mas vários inimigos podem se sobrepor e manter a pressão para você reagir de acordo.

O post também fala sobre o perigo do combate e como você e os adversários podem ser derrubados com apenas alguns golpes. “Essa sensação de perigo, de que você está a apenas alguns erros de morrer, é crucial para Ghost of Tsushima”, diz Zimmerman. Outro foco do combate é a precisão, e isso significava garantir que os golpes sejam o mais responsivo possível. Jin pode cancelar ataques mais pesados, se necessário, e os jogadores são recompensados ​​por bloqueios precisos, transformando-os em desvios, deixando seus inimigos abertos para um contador.

Ghost of Tsushima entrou em estado “gold” e será lançado em 17 de julho para PS4.