A franquia Pro Evolution Soccer, perdeu hoje duas de suas principais licenças, conforme confirmou a Konami, desenvolvedora do game.

Em um post recente em seu site, a Konami divulgou que as licenças dos gigantes italianos Internazionale de Milão e AC Milan não seriam renovadas para os próximos games da franquia.

Embora isso possa seja um problema para futuras edições do jogo, a Konami tranquilizou os jogadores que compraram eFootball PES 2020, declarando que isso não afeta o jogo atual: “A representação do clube não será afetado no eFootball PES 2020 “.

Duas declarações idênticas (uma para cada clube) foram feitas para agradecer aos clubes pelo apoio à série, desejando sorte aos clubes no futuro.

A empresa finalizou dizendo: “Seguindo em frente, continuaremos fortalecendo nossas parcerias existentes e promovendo novos relacionamentos, a fim de proporcionar a melhor experiência possível de eFootball”.

Agora, depois de perder duas grandes licenças na Itália, não está claro o que o futuro reserva para a parceria do PES com a Juventus e restante da liga. A Série A é uma das únicas ligas principais do PES a ter acordos de licenciamento com todos os clubes, incluindo símbolos, jogadores e kits, o que pode ser dificultado.

Infelizmente, para os fãs de PES, parece que o concorrente (FIFA) está avançando ainda mais na corrida pela supremacia das licenças nos games de futebol.