A série Need for Speed passará por algumas mudanças nos próximos tempos. A clássica franquia será novamente conduzida pelo estúdio Criterion Games, velha conhecida dos jogadores do game de corrida.

Assim, a Ghost Games, que lançou Need For Speed Payback (2017) e Heat (2019), passará a atuar apenas como uma central de engenharia, aprimorando a engine Frostbite para a produtora.

A má notícia fica por conta de que mais de 30 trabalhadores correm o risco de ficar desempregados por causa dessa transição. Contudo, a maioria deles devem ser realocados para a Criterion Games.

Em entrevista, a EA declarou que “a Criterion é um estúdio fantástico, e sua longa história e paixão por jogos de corrida ajudarão a levar Need for Speed para a próxima geração de consoles”, indicando planos para novos jogos no PS5 e Xbox One Series X.

O último Need for Speed totalmente desenvolvido pela Criterion Games foi Most Wanted, mas eles ainda trabalharam em conjunto com a Ghost Games para co-desenvolver Need for Speed Rivals, antes de se afastarem da série.

Nos últimos anos, a Criterion trabalhou em jogos como Battlefield 5 e Star Wars Battlefront 2, numa parceria com a DICE.