Horizon Chase Turbo é motivo de orgulho entre os brasileiros jogadores, e olha que em matéria de orgulho, o brasileiro sempre está lá no pódio, batendo no peito e se orgulhando de cada material que é apreciado lá fora.

Horizon Chase Turbo pistas

O jogo de corrida chamou a atenção em 2015 quando furou a bolha dos jogos mobiles e se tornou compra obrigatória da Play Store e Apple Store. E não foi só apenas por parecer uma grande homenagem a Top Gear e OutRun, não. O nome Horizon Chase foi citado em muitos canais de youtubers como um jogo que funciona de verdade.

A ilusão do carrinho parado com o chão que se move é uma alusão perfeita ao título, e o estilo gráfico ao mesmo tempo que era estiloso com seu low-poly, deixava qualquer aparelho de celular mediano rodar lisa a gameplay. Mais tarde, uma versão mais pomposa foi oferecida. Horizon Chase Turbo chegou aos consoles, incluindo o estouro Nintendo Switch com sua portabilidade.

As corridas de curta duração, somadas à quantidade grande de fases, formavam um jogo que nem em fase de mobile apelava para o modelo desinteressante para o consumidor que é viciá-lo dando conteúdo gratuito limitado. O jogo sempre foi pago e sempre esteve entregue como um todo, e totalmente realizado.

Senna Sempre, ao invés de se acomodar em entregar somente pistas novas, resolve se aprofundar numa nova campanha, com um formato modificado. Agora, o seu objetivo é de incorporar o campeão em etapas cronológicas e chaves de sua vida, servindo como uma aula de história que dentro do que estamos fazendo, do tipo de jogo que estamos jogando, passa a interessar até os mais desinteressados, pois melhor que ler sobre um piloto imaginário da cabeça de alguém, é ler sobre um herói do país, dos poucos contemporâneos.

Horizon Chase Turbo voltas

O objetivo é realizar pequenas missões impostas a cada etapa, e para ir avançando mais a frente, abrindo mais e mais pistas, desafios novos e história contada por texto. Isso quer dizer também que não é necessário chegar em primeiro lugar sempre – o mais importante é realizar com sucesso essas missões, dando uma dinâmica bastante diferente ao jogo em si e por que não a jogos de corrida como um todo? É um pequeno ajuste, uma pequena regra que muda mas provoca um efeito bem maior que o imaginado.

Pela primeira vez temos a visão de dentro do cockpit, invés da visão apenas da traseira do carro, como vimos no jogo base. Como já dito, a gasolina faz um papel indispensável no jogo, porém as melhorias de carros são dadas quase de forma automática, pois conforme os anos se passam na timeline da carreira do piloto, carros melhores serão oferecidos, especificamente aqueles mesmos carros utilizados na narrativa proposta.

Barry Leitch continua na trilha sonora inspirada em Top Gear do Super NES, com seus arpejos eletrônicos que são a maior característica da parte sonora do jogo de 1991. Ela é exibida com vigor, invés de termos um som ensurdecedor dos carros e esse é um ajuste de bom gosto.

Horizon Chase Turbo fazendo curva

Os desafios variam de “colete gasolina apenas na terceira volta” ou “passe a  corrida toda sem pegar gasolina”, ou ainda “colete todas as moedas na pista”. Esta última pode se tornar a mais difícil por causa do momentum das curvas, que jogam o carro para um lado, quando as tais moedas são estrategicamente colocadas no lado oposto, forçando o jogador a desacelerar e assim arriscar a sua colocação na corrida.

Bem, eu disse que não é necessário chegar em primeiro exatamente, mas às vezes uma das missões, pode ser de chegar pelo menos numa determinada colocação. Felizmente existem várias missões que podem ser feitas numa única partida, e isso dá todo o fator replay. Você vai querer voltar a pistas anteriores para completar desafios. É um prato cheio para jogadores “completionistas”.

Horizon Chase Turbo modo carreira

O jogo possui um carinho admirável com a carreira e a persona Ayrton Senna, sendo até emocionante de certa forma. Existe um trabalho de pesquisa e o game não existe numa bolha sozinho, mas sim, foi desenvolvido sob a batuta do Instituto Ayrton Senna. Isso explica o cuidado no material.

Senna Sempre soa como uma comida gostosa e prática, que é consumida com ânimo e cor. O jogo é excelente para quem está no Nintendo Switch no modo portátil, mas também está disponível nas outras plataformas, como no PlayStation 5 – versão jogada para este review.

Nota
Geral
7.0