Antes de mais nada: sim! Forza Horizon 5 é exatamente aquilo que o fã da principal franquia de jogos de corrida arcade da atualidade queria. Na verdade ele é tão exatamente aquilo que ele queria, que em alguns momentos parar para refletir e pensar: como a Playground Games, desenvolvedora do jogo conseguiu novamente?

A Microsoft juntamente com a Playground Games oferece mais um lindo e envolvente “festival de férias”. Depois de visitar a mesmice dos Estados Unidos, a elegante França, a bela Austrália e o monótono, porém bonito Reino Unido, o festival mais divertido, criativo e acessível de veículos, desembarca no México.

E para quem acompanhou o trailer de anúncio de Forza Horizon 5 na E3 2021, não vai precisar de muito para ficar de queixo caído com as paisagens, as cores vibrantes, os belíssimos biomas e tudo que compõe este belíssimo país do nosso continente.

O maior Forza até agora!

Neste novo título da franquia, o mapa é ainda maior do que o seu antecessor, então pode se preparar para passar algumas horas até conseguir viajar pelo mapa inteiro sem sequer fazer algum tipo de missão. Diga-se de passagem, é até prazeroso colocar uma das rádios disponíveis do jogo e simplesmente sair visitando as paisagens deste belo cenário criado em Forza Horizon 5.

O México é um local que exala personalidade, beleza e uma imensa variedade de opções que se tornam perfeitas para o festival Horizon. Tem de tudo um pouco. Desde desertos até selvas, lindas praias e pântanos magníficos, estradas rurais que se você é um cidadão do interior brasileiro vai até se identificar, cidades vivas, e claro, por que não? Um VULCÃO!

Como nos capítulos anteriores, o jogo inteiro se passa em meio a um festival onde você deve participar dos mais variados tipos de eventos que estão ocorrendo pelo mapa. Que vão de, lógico, desde explorar o mapa até corridas de rua, off road, desafios de velocidade, um pouco de collect-a-thon, dar uma de Scooby Doo para desvendar alguns mistérios e agora, com a adição centro de criação da comunidade, é possível também, participar de eventos criados pela própria comunidade do jogo. Ou seja: é um verdadeiro parque de diversões infinito para quem é amante de velocidade.

Engana-se aquele que acha que vai abrir esse novo lançamento pela primeira vez e dar de cara com um “novo começo”. Pelo contrário, em Forza Horizon 5 nós seremos a celebridade que já triunfou no Reino Unido e que vem para o México com o status de grande estrela do festival. Então prepare-se para muitos holofotes a todo momento diante de você.

Todo mundo nos conhece e só quer nos ver em ação, nos colocando à prova em uma imensa variedade de desafios, desde dirigir um fusquinha recém montado, até nos fazer participar de corridas a mais de 300 km/h nos mais de 500 carros disponíveis no jogo e que nos farão visitar todos os 11 biomas disponíveis.

Jogabilidade e som aprimorados

Dirigir é uma verdadeira explosão de êxtase em Forza Horizon 5. A série Forza consegue atingir um equilíbrio perfeito entre corridas de arcade e algo mais competitivo para os amantes da velocidade, permitindo que você ajuste suas configurações ao seu nível de habilidade, seja você um veterano de Forza ou um novo piloto não só da franquia, como também de jogos de corrida no geral. As opções de acessibilidade do jogo também são algumas das mais robustas que já vi no gênero.

O jogo ainda traz melhorias que se tornam bem gritantes em relação ao seu antecessor logo no primeiro momento em que você passa por cima de uma simples poça d’água, que se você não se cuidar, vai facilmente desviar sua trajetória. Houve também uma melhoria significativa na condução de veículos off-roads. Essa é uma melhoria que inclusive se torna imprescindível neste título, já que ele está repleto de corridas rurais, em selvas, pântanos e tudo mais.

Mas se a jogabilidade é o principal elemento de um bom jogo de corrida, também podemos falar o mesmo do áudio. Ter um som que irá responder de acordo com suas ações é imprescindível para uma boa experiência nas pistas. Em Forza Horizon 4 muitos fãs reclamaram de alguns sons genéricos em vários motores de carros, sendo em alguns deles, sons reutilizados de outros veículos do jogo.

A Playground Games ouviu as reclamações dos fãs e fizeram algo completamente diferente na parte de pré-produção do jogo. Mudaram toda a forma de captura de áudio dos motores dos carros e trouxeram aqui uma experiência que é um deleite para os ouvidos dos apaixonados por automobilismo. Tire um tempo para viajar pelo México apenas ouvindo o ronco dos motores, sem nenhuma rádio ou música ligada e me agradeça depois.

Por falar em áudio, é mais uma vez elogiável o trabalho de dublagem e localização para o nosso idioma. Em Forza Horizon 5 o jogo tem muito mais linhas de diálogos, personagens e interações com o protagonista, que também interage a todo momento com os acontecimentos da história. Não tem nada mais gostoso do que abrir o jogo e ouvir alguém te dando boas vindas de volta e chamando pelo seu nome. A partir desse momento você tem a certeza: estou em casa e vou passar horas rodando pelo México.

Mais lindo que Hector Bonilla

Se o galã mexicano dos anos 1970 Hector Bonilla parou a vizinhança do Chaves e deixou todo mundo de queixo caído com sua beleza, eu poderia dizer que Forza Horizon 5, é nesse caso, o Hector Bonilla dos jogos de corrida?

Forza Horizon 5 é uma das coisas mais bonitas que eu já vi na indústria dos videogames. É um verdadeiro primor técnico no quesito gráfico. É o jogo que a “nova geração” necessitava para poder falar: ok, isso é um negócio realmente incrível. Eu perdi as contas de quanto tempo eu apertava o botão para tirar fotos no jogo e fazer um álbum fotográfico a todo momento.

Eu não sou o melhor fotógrafo do mundo, mas mesmo assim, todos clicks poderiam facilmente se tornar wallpapers. Inclusive, até dá para chegar para o amigo, mandar a foto no “zap” e perguntar: isso é videogame ou realidade?

 

Não há nenhum outro jogo neste momento que se aproxime do primor de qualidade gráfica presente em Forza Horizon 5. E o mais incrível é que o jogo sequer tem o Ray Tracing sendo usado a todo momento, já que o recurso que está presente e é dado como principal elemento da geração, só está disponível aqui no modo ForzaVista, que é o modo de tirar foto do carro na garagem.

Esse aumento na qualidade gráfica se torna ainda mais claro, devido ao México ser um local tão bonito e cheio de cenários encantadores. Mesmo que a direção artística ainda seja parecida com os títulos anteriores, o México oferece cenários que conseguem passar por todos os mapas dos países usados nos títulos anteriores.

Pare o seu carro por um instante, e perceba que o vento balança as árvores e a grama. O México não é só um amontoado de texturas. Em Forza Horizon 5, o México vive, respira e transpira. Como já foi citado, você tem à disposição 11 biomas que proporcionam uma variedade abismal de gameplay.

Isso ainda se multiplica, se pensarmos que as estações do jogo mudam a todo momento e faz com que o jogador precise se adaptar aos novos cenários. É uma experiência incrível entrar no olho de uma tempestade de areia em um deserto Mexicano. Sabe aquelas coisas que você nunca quis até experimentar? Pois é.

A minha experiência com Forza Horizon 5, foi jogando no PC, com uma RTX 2070 Super e na resolução 4K. Para o gráfico e tamanho dele, Forza Horizon 5 se mostrou um jogo leve e que mantém uma taxa de quadros sólida a todo momento. Nos consoles, o jogador terá a opção de rodar o jogo no modo qualidade, que prioriza os gráficos e resolução e diminui a taxa de quadros, ou no modo desempenho, que prioriza a taxa de quadros e diminui a resolução, bem como os gráficos.

Siga-me os bons!

A Playground Games não precisou ir muito além do que já tinha entregado com perfeição há 3 anos quando nos proporcionou Forza Horizon 4. Neste mais novo título da franquia, Forza Horizon se tornou um adulto pleno. Ele está maduro, melhor, mais forte e ambicioso do que nunca.

Com exceção dos gráficos, pode não haver algo muito novo em Forza Horizon 5 além de sua localização, mas isso não o impede de ser mais uma experiência extravagante repleta de adrenalina e diversão.

Seja para o fã mais antigo da série, ou para novos jogadores, este é o melhor título da franquia até agora. Forza Horizon 4 já havia colocado o nível do gênero de corrida arcade lá pro teto e deixado a concorrência muito abaixo, e Forza Horizon 5 tenta alçar voos um pouco mais altos.

É difícil imaginar como a Playground irá aumentar ainda mais o sarrafo de Forza Horizon em um futuro sexto título, mas enquanto isso, eu pretendo passar muito tempo viajando, explorando e aproveitando cada segundo que o México tem a me proporcionar. Então, siga-me os bons!

Nota
Geral
9.5